Musicalidades Variadas
Gosto muito de música e danças!
28 de Setembro de 2009

 

Vicente Maria do Carmo Noronha da Câmara nasceu em Lisboa, a 7 de Maio de 1928, no seio de uma família aristocrática. Filho de D. João da Câmara, uma referência maior na locução na antiga Emissora Nacional, começa a demostrar interesse pelo fado, ao assistir, aos nove anos, aos ensaios da sua tia, a muito respeitada fadista, D. Maria Teresa de Noronha, Condessa de Sabrosa, e do seu tio-avô D. João Do Carmo de Noronha (um dos primeiros a gravar fados em disco).


Aos 20 anos, incentivado pela tia, começa a cantar os seus próprios fados, estreando-se na Emissora Nacional, após ganhar um concurso musical. Dois anos depois, assina o seu primeiro contrato discográfico com a Valentim de Carvalho, e grava os seus primeiros temas (”Fado Das Caldas”, “Varina” ou “Oração”). Entre 1955-56, compõe um dos seus fados mais populares, “A Moda Das Tranças Pretas”, numa altura em que trabalhava como Inspector de Vendas da CIDLA.

 


Vicente da Câmara tocou guitarra e cantou nos tempos livres, actuando um pouco por todo o país e em programas de televisão e rádio, chegando inclusivamente a ter, em meados dos anos 60, um famoso programa de fados em directo no ex-Rádio Clube Português. Em 1961, deixa a Valentim de Carvalho, que acusa de não se interessar pelo seu trabalho. Assina então novo contrato discográfico, desta feita com a Rádio Triunfo, para a qual trabalha durante muitos anos, voltando a gravar alguns dos seus anteriores discos e vários EP’s que incluem fados como “Guitarra Soluçante”, “Andei Procurando O Fado” ou “As Quadras Que Te Vou Cantando”. Mais tarde, já na década de 70, edita, pela mesma editora, alguns álbuns, dos quais se destacam: “O Fado Antigo É Meu Amigo” e “É Tudo Como Era Dantes”. Apresenta-se ao vivo com regularidade e, em 1974, está na “Taverna do Embuçado”, onde actua durante algum tempo.

Em 1982, começa a dar cada vez mais espectáculos no estrangeiro e actua, nos anos que se seguem, em eventos de importância na China, Malásia, Coreia ou Hong-Kong.
Em 1988, participa no álbum de estreia do seu filho, José da Câmara, hoje um dos valores seguros da nova fadistagem, com temas como “Fragata Da Borda D’Água”, “Lembranças Do Passado” e recriando em dueto com José, “A Moda Das Tranças Pretas”.
Em 1989, assinala os seus 40 anos de carreira com um espectáculo no Cinema Tivoli, em Lisboa, no qual passa o testemunho ao filho José, afirmando que “já tem um continuador”. Nos anos seguintes, Vicente da Câmara, continua a apresentar-se ao vivo e, em 1992, volta a actuar na Ásia, cantando na Coreia e em Hong Kong, e depois em África, nomeadamente na África do Sul e em Moçambique. Um ano depois, colabora com os filhos José e Nuno da Câmara, no álbum “Tradição”, de homenagem à sua tia Maria Teresa de Noronha. Em 1994, o disco é apresentado num espectáculo ao vivo realizado na Aula Magna, em Lisboa. No mesmo ano, a Movieplay edita, na colecção “O Melhor Dos Melhores”, em dois discos (um a solo e outro com Maria Teresa de Noronha), alguns dos temas que tinha gravado nos anos 60 e 70 para a Rádio Triunfo.


Em 1997, apesar do interesse da sua editora em lançar um novo disco seu, Vicente da Câmara, afirma que ainda não tem temas preparados para o novo trabalho por ter dado ao filho José as composições que tinha. E é precisamente com o seu filho que grava, em 1999, “Um Nome -Duas Gerações”.

 

publicado por Chicailheu às 06:39 link do post

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
27
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
as minhas fotos
tags

a dança

actores estrangeiros

apresentadores portugueses

as minhas canções

as minhas danças

as minhas m+usicas

as minhas músicas

ballet

beattles

bem vindos

beto

blue shoes

boa noite

boa quarta feira

boa semana

boa tarde

bom dia

bom fim de semana

canções

canções africanas

canções estrangeiras

canções portuguesas

cantigas portuguesas

cantores estrangeiros

cantores portuguesas

cantores portugueses

celebridades

cha cha cha

comentários

dança da minha vida

dança samba

dança valsa

dançando tango

danças

danças de salão

danças latinas

danças variadas

danças várias

dia da dança

dias da semana

dias especiais

domingo

fadistas

fado

fados

feliz ano novo

feliz carnaval

feliz dia das mães

feliz domingo

feliz natal

feliz páscoa

feliz sábado

folclore do minho

fotos de danças

frases amizade

frases ano novo

frases danças

frases de amor

frases de natal

frases lindas

gosto de música

grafonola

história da música

ídolos

imagem do dia

imagens de dança

instrumentos musicais

jazz

jive

kizomba

lambada

lambadas

letras de canções

letras de músicas

lindas danças

lindas frases

lindas músicas

menica canta

menina toca piano

meses

miminhos

música

música para as mães

musicalidades ano novo

músicas ano novo

músicas de filmes

músicas de natal

músicas estrangeiras

músicas lindas

musicas lindas

músicas portuguesas

músicas preferidas

músicas românticas

músicas temáticas

outras danças

outras músicas

rei do rock

sapato de dança

sapatos de dança

sapatos para dançar

todas as tags

últ. comentários
Adorei estes sapatos para dançar (http://www.dance...
Obrigada pela tua visitinha no meu blogue e ainda ...
Lindissima!! Também adoro esta canção!!
um verdadeiro anjinho nasceu!! fotografia linda!! ...
An sich eine positive Sache, ich uberlege mir ab...
An sich eine positive Story, ich frag mich aber,...
Theoretisch ne positive Story, ich uberlege mir ...
An sich ein cooler Post, aber kannst du spater nic...
Herzlichen Dank, jetzt endlich habe ich den Sachve...
Ele e um ator fabuloso e concerteza lindo adoro se...
blogs SAPO